BIOGRAFIA

Arthur Guzzo Fraccanabbia, Biomédico com especialização em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal do Paraná-UFPR . Desde sua graduação, Arthur já planejava levar sua visão para o meio esportivo: aliar a cada vez mais a bioquímica ao esporte. Com uma visão de que nenhum dado deve ser interpretado  de forma isolada pois a correta interpretação de um acontecimento corporal é dada por diversos fatores  agregados, buscou sempre a integração de sistemas e a visão multidimensional do funcionamento corporal.
Após a graduação e especialização iniciou trabalhos com atletas do futebol em clubes do interior, aonde buscava ter o máximo de informações dos atletas com inúmeras dosagens bioquímicas. O trabalho era voltado para a prevenção de lesões, buscando sempre se aproximar ao máximo de interpretações enzimáticas que pudessem condizer com danos musculares e estresse da musculatura.
Alguns clubes  de  futebol  passaram a  abrir os olhos para esta  nova “ferramenta” que poderia ajudar na prevenção de lesões de seus atletas. Com o tempo, vários clubes de futebol tiveram seus atletas monitorados e com isso tivemos uma grande base de dados.
Aliado ao trabalho e a obtenção de cada vez um número maior de dados, o fisiologista e bioquímico esportivo Arthur Guzzo Fraccanabbia passou a participar de trabalhos científicos específicos da área, e a buscar conhecimento complementar em áreas afins como a nutrição, concluindo uma nova especialização em Recursos Ergogênicos, pela  Federación Española de Medicina Del Deporte.
Realizando trabalhos com equipes e atletas de várias modalidades esportivas, ficou cada vez mais claro que o conhecimento aplicado aos atletas perante seus treinadores e preparadores físicos deveria ter ferramentas de controle muito mais específicas e detalhadas, respeitando a complexidade da fisiologia e da bioquímica corporal.
Após ser capacitado pelo renomado cientista Dr. Cosendey, passou a utilizar da Monitoração Bioquímico-Hematológica do condicionamento humano, importante e complexo  método de monitoração que hoje é tido como  referência mundial na área.
Proprietário  e responsável técnico de um laboratório de análises clínicas, atua como fisiologista e bioquímico esportivo prestando consultoria a clubes de futebol e atletas das mais diversas áreas esportivas, dirige o núcleo de atualização em atividades físicas e saúde – NAFISA e  ministra palestras e cursos por todo o Brasil.

Em seus desafios atuais desenvolve trabalhos como fisiologista e bioquímico esportivo em clubes de futebol, atua ao lado  de diversos e importantes atletas olímpicos, com o objetivo de os mesmos alcançarem  expressivos resultados neste ciclo olímpico e figurarem entre os melhores do mundo nas próximas olimpíadas no Brasil.

 

voltar